Sobre pedir ajuda

Passo o dia pedindo ajuda no trabalho. Tenho tanto a aprender ainda que, com muito mais frequência do que gostaria, converso com algum colega pra tirar alguma dúvida ou saber o que fazer mesmo, quando estou totalmente perdida.

Adoraria já saber me virar sozinha, mas certeza que nunca vou saber tudo de tudo. Não me é difícil pedir ajuda, perguntar, dizer que não sei fazer sozinha. Não me sinto diminuída por isso, nunca insinuaram isso e sempre me ensinaram com a maior boa vontade, mesmo quando eu achava que, em posições trocadas, talvez eu já tivesse perdido a paciência comigo mesma!

Mas isso no trabalho. Em casa, ah, em casa.

No último fim de semana me dei conta de que acho tão difícil pedir ajuda! Fico desconfortável quando tenho que me despir do papel de sei me virar sozinha e dou conta de tudo. Aceitei uma mão oferecida, pedi outras quando precisei, e não doeu, não aconteceu nada errado, funcionou como funciona no trabalho.

Vai entender.

Pausa pra organizar

Como eu bem imaginava que aconteceria, não dei conta de manter o ritmo do blog depois de voltar pra casa e pro trabalho. Até tem posts prontos no rascunho, mas específicos de filmes e livros, e a ideia não é que o blog fique restrito a esses temas. Passou da hora de planejar e ter […]

Leia mais