Medinho

Ainda estou em recesso, na casa dos pais, em Itapema. Dias tranquilos, sem compromissos além de horários de programas ou filmes que quero assistir. Estou tentando me recuperar dos problemas de saúde do fim do ano e guardar energia pra voltar a rotina em poucos dias.

Mas o ano mal começou e, mesmo aqui, mesmo num período tranquilo, está tudo tão intenso, tem tanto acontecendo! Desejei e planejei que seja um ano de concretização, mas agora está parecendo um objetivo tão grande e que envolve tanta coisa que está um pouquinho assustador.

Rosa bicolor, com pétalas amarelas com pontas rosas.

Isso acaba sendo comum quando passo um tempo aqui e estou prestes a voltar pra casa. Minha casa e a maior parte de minha vida estão em Florianópolis, mas também amo estar em Itapema com a família. Mesmo adulta e sendo a irmã mais velha, a sensação de estar perto dos pais ainda é a mesma: proteção e segurança. Voltar pra Floripa, mesmo depois de tanto tempo, ainda dá aquele friozinho na barriga pra lidar com o dia a dia de adulta, cheio de responsabilidade e decisões.

Devo ter um lado meio louco. Estou ansiosa e preocupada, com um pouquinho de medo de tanta coisa (boa, mas assustadora) acontecendo, mas pronta e animada pra enfrentar tudo e ver onde vou chegar! 🙂

1 Comentário

Página 1 de 1
  1. Sem medinho | Renata Pinheiro 8 de janeiro de 2015 às 19:46 |

Deixe seu Comentário