Eu também não joguei meu treino no lixo.

– Academia hoje? – Não. – Tá, mas não atacou o chocolate, né? – Sim, comi um chocolate. – Então o esforço da academia de ontem se foi. – Não, o esforço não se foi. A academia não é pra emagrecer, simplesmente, e sim pra ganhar resistência e musculatura, e isso acontece independente do que eu comi. Você parece mais preocupado com meu peso do que eu.

Pensa na minha felicidade tendo essa conversa… Dois dias depois, li o post Do porque eu não joguei meu treino no lixo., no blog Não Sou Exposição. Li, compartilhei no Facebook e pensei: é isso!

Essa semana comecei a ir pra academia de manhã. Pouco, lentamente, mas ao menos voltei. E, nos dias em que fui, apesar de fisicamente cansada, tive muito mais disposição pra enfrentar o dia. Me senti bem, feliz por ter voltado, por separar um tempo pra mim de novo. É bom lembrar de novo que meu corpo gosta de exercício, mesmo que leve.

E, horas depois da academia, comi um chocolate. E no dia seguinte, mesmo sem academia, comi outro. E quando fui pra academia outra vez, mais um. E ok! Foi uma semana cansativa, complicada e, mais que tudo, eu queria e pronto.

Desculpaê, gente, mas não preciso de patrulha – exceto da nutricionista, escolhida por mim, porque EU pedi ajuda a ELA – Carol, calma que eu volto! Sim, estou tentando aprender e, principalmente, me acostumar a me alimentar melhor. Tentando criar o hábito de me movimentar. Mas peraí, quem falou que isso é porque estou infeliz com meu corpo? Querer mudar não significa que não me aceite agora. Quer saber? Tudo isso é muito mais pela proximidade dos 40 e do histórico de saúde da família do que por estética. E, poxa, o marcapasso merece trabalhar um pouquinho menos…

Não gosta do que vê em mim? Não olha, fio! Me deixa ir pra academia porque é divertido, porque me faz bem, e deixa que EU decido se o esforço valeu ou não, blz?

Ah, as delícias de, enfim, aprender a ser feliz, e não ser o que os outros acham certo… 🙂

6 Comentários

Página 1 de 1
  1. Não sou Exposição.
    Não sou Exposição. 23 de agosto de 2014 às 13:30 | | Responder

    MUITO LEGAL 🙂

  2. Thais
    Thais 4 de novembro de 2014 às 20:30 | | Responder

    Há tempos não vinha aqui… sempre exceleste “te ler”.

  3. Luma Rosa
    Luma Rosa 10 de novembro de 2014 às 11:08 | | Responder

    Oi, Renata!
    É preciso ter bom senso para não se privar dos prazeres da vida. Comer um chocolate faz bem e ajuda a melhorar o nosso humor, consequentemente dá mais disposição para malhar. Dou preferência para os chocolates amargos ou semi-amargos que possuem menos açúcar (óbvio) mas que realmente possuem “cacau” em maior quantidade.
    A grande vantagem para quem malha e come, é que o metabolismo não se acomoda e mesmo depois do período da malhação, seu corpo continua queimando calorias. Se o apetite abre quando malha é só dar preferência para mais fibras (ocupar a boca nervosa com cenouras, pepinos… cortados em palitos e deixados na primeira prateleira da geladeira dentro de um copo – quando abrir a geladeira, será a primeira opção de alimento, certo?:D) e alimentos termodinâmicos e bebidas sem cafeína.
    Tenho a impressão que você sabe de tudo isso…
    🙂
    Boa semana!
    Beijus,

Deixe seu Comentário