127 Comentários

  1. alexssandra
    alexssandra 26 de agosto de 2009 às 4:31 |

    gostaria de saber quantos atestados medicos posso apresentar a empresa dentro de um mes, e mais no caso de gravidez, se ela só pode ser comprovada para a empresa apos a entrega do exame de gravidez

  2. moacir oliveira
    moacir oliveira 31 de agosto de 2009 às 7:50 |

    minha duvida é assim, no caso eu faço um curso técnico, só que eu peguei uma afastamento por uma cirurgia de pedra no rim de 12 dias, entrei em contato com a escola sobre meu afastamento, mas disseram que eu tinha que levar o atestado pra provar que eu fui afastado mesmo, mas estou sem mobilidade e não tenho como levar ou alguém pra levar o atestado por mim, disseram que por lei eu tinha que levar o atestado ou eu arcaria com todas as faltas, e se ultrapasasse meu limite de falta eu perderia a bolsa, e me precionaram bastate pra passar por fax, sem mobilidade nenhuma fui até uma lan house e passei o atestado pra não arca com as faltas, mas sofri as consequencia, por que ao chegar em casa comecei a passar mau e acabou saindo o meu cateter que ajudava eu eliminar as pedra que restaram na bixiga…. aguardo algo que me ajuda sobre essa lei…

  3. joelma mendes
    joelma mendes 3 de setembro de 2009 às 11:40 |

    olá, estou gravida e quase n consigo ir trabalhar e esse mes veio descontando do meu pagamento 5 dias de serviço , a empresa me disse q só paga 15 dias independente do cid , eu n tenho o mesmo cid mais de 14 dias .
    Isso por lei é verdade?

  4. Roberto
    Roberto 5 de setembro de 2009 às 2:16 |

    Renata,ninguém está dizendo que se vc tiver que ser encaminhado para o inss ele não vai exigir o cid,claro que vai,quantos dias ?? O que os funcionários colocam são,atestados de um,dois,ou uma semana,essa desculpa de que é pra ter acompanhamento das doenças do funcionário e se tiver que encaminhar pro inss, mesmos atestados com cid num prazo de 3 meses;
    Isto tudo é BALELA,até pq vc vai consultar com o médico da empresa e a este vc vai dizer a doença que afastou vc do trabalho,seria mais um modo de tentar constranger os funcionários e dificultar,pois a priori nenhum atestado médico pode ser contestado,e vc não abonar a falta de um funcionário mesmo com atestado médico pq não tem CID é de tremenda repressão aos funcionários e tem que ser combatida. “sigilo na relação médico-paciente é um direito inalienável do paciente, cabendo ao médico a sua proteção e guarda.” (Art. 1º)

  5. Lilian Carvalho
    Lilian Carvalho 14 de setembro de 2009 às 0:02 |

    Boa Noite
    Gostaria de saber qual atitude devo tomar em relação ao meu atestado
    pois fiquei de licença por 5 dias e levei atestado com o CID porem o médico do trababalho não abonou e agora será descontado no meu salario o q eu devo fazer p isso nao acontecer?
    O médico do trabalho m mandou voltar no meu médico e pedisse p ele arrumar o CID porém eu voltei no mesmo e ele não arrumou e disse que o CID estava correto ai então eu voltei no médico do trabalho e mesmo assim ele não aceitou e agora eu terei esse “pequeno” desconto de 5 dias, por favor m aconselha o q eu devo fazer!!
    Mto obrigada…

  6. Eliane
    Eliane 2 de outubro de 2009 às 17:31 |

    Ola, Fiz uma cirurgia de condromalacia patelar a 1 ano e meio, e me afastei por auxilio acidentário cod 91, vou ter que fazer outra cirurgia pela mesma doença, eu sei que os primeiros 15 dias é pago pela empresa, como devo dar entrada no INSS no 16 dia, ou seja, como auxilio doença ou auxilio acidentario? Desde já agradeço.

  7. patricia
    patricia 12 de outubro de 2009 às 16:56 |

    gostaria saver cid R45.O e F32,O

  8. Luciana
    Luciana 17 de outubro de 2009 às 11:27 |

    Dra, se um funcionário está cumprindo aviso prévio, pode ou não ser solicitado o atestado com o CID, já que o mesmo durante o período de contrato teve mais de 20 faltas sem justificativas, ele pode posteriormente agir de má fé dizendo que possuia algo e a empresa mandou embora? qual é o melhor procedimento para ambos?

  9. vanessa silva
    vanessa silva 20 de outubro de 2009 às 17:22 |

    DR. RENATA
    MEU FILHO, TEVE QUE FAZER UMA CIRURGIA PEQUENA SAIU NO MESMO DIA DO HOSPITAL, MAIS PRECISOU FICAR 7 DIAS AFASTADO.O MEDICO ME DEU DOIS ATESTADO UM DO DIA DA CIRURGIA E OUTRO COM OS 7 DIAS NO NOME DO MEU FILHO, E ELE TEM 2 ANOS.
    EU SÓ ME AUSENTEI 1 DIA. ESSE ATESTADO DO MEU FILHO SERVE PARA ABONAR ESSE DIA QUE EU FALTEI.
    DESDE JÁ FICO GRATA.

  10. terezinha de marco albino
    terezinha de marco albino 21 de outubro de 2009 às 23:58 |

    qual o siguinificado do cid :039 e que doensa ele cmprova

  11. Tharcisio Ung Furtado
    Tharcisio Ung Furtado 26 de outubro de 2009 às 17:54 |

    Boa noite a todos!

    Embora acredite que o assunto sobre atestados médicos já esteja bastante explorado, gostaria de deixar a minha opinião. Vamos lá!

    Sem querer defender o empresariado, pois também sou trabalhador, penso que já é hora de pararmos de sempre achar que a empresa é uma eterna perseguidora do empregado e está sempre querendo “se dar bem” em cima dele.

    Toda sociedade organizada é regida por normas, que são as resoluções, portarias, leis municipais, estaduais e federais, constituições entre outras. Existem aquelas que devem ser seguidas por uma ou mais pessoas, outras servem para determinado ramo social ou profissional, outras por determinados habitantes de uma cidade ou estado, e outras por toda a população de um país. Existem inclusive normas internacionais a serem seguidas pelos países que a elas aderirem.

    As resoluções do Conselho Federal de Medicina, por exemplo, são determinações a serem seguidas pelos profissionais da saúde. Todavia, as suas determinações não obrigam o meio empresarial. Assim, se as normas do CFM vedam (ou não obrigam) o preenchimento do CID pelos médicos, estas mesmas normas não têm o poder de obrigar a empresa a aceitar o documento sem CID.

    Se por um lado ao empregado é dado o direito de preservar o sigilo de suas informações pessoais, por outro à empresa também é dado o direito de não aceitar o documento sem CID. Aliás, nada obriga a empresa a simplesmente aceitar o atestado apresentado pelo empregado.

    Na ordem hierárquica, tem maior valor o atestado fornecido por médico da empresa ou por ela credenciado. Isso quer dizer que se você apresentar um atestado do seu médico concedendo-lhe 15 dias de afastamento, a empresa poderá encaminhá-lo para outro médico pago por ela, para a homologação ou não desse documento.

    É muito comum empresas de médio porte, que não tem médico próprio, encaminhar esses atestados juntamente com o empregado para clínicas de medicina do trabalho (essas que emitem atestado admissional) onde, após atendimento, o médico do trabalho emite novo atestado médico, o qual, posso garantir, na maioria das vezes não homologa aquele outro, ou quando homologa reduz muito o tempo de afastamento. E não se engane, este último tem prevalência sobre todos os outros.

    Há quem vá dizer que não é obrigado a se submeter à nova consulta em médico que não conhece ou não quer ou qualquer outra coisa. Eu já respondo: NÃO. Não é obrigado mesmo! Mas, neste caso, a empresa também não é obrigada o acatar seu atestado. Dele nem precisará tomar conhecimento, e será falta na certa.

    Note, portanto, que exigir o CID é muito pouco perante as outras medidas que a empresa possa adotar. Normalmente se ela exige o código, como já foi dito, é apenas para verificar a ocorrência de mais de quinze dias de afastamento pela mesma doença dentro de sessenta dias, quando, neste caso, o pagamento a partir do 16º dias caberá ao INSS.

    Também, sobre o encaminhamento do empregado para o INSS, NÃO é uma obrigação da empresa. A única obrigação da empresa, nesse aspecto, é informar ao INSS, através da CAT e no prazo de 24h, os casos de acidente de trabalho.

    Portanto, penso que a relação Empregador X Empregado deve ser uma relação de cordialidade, respeito mútuo, e nunca um achar que está sendo explorado pelo outro e, se isso realmente estiver ocorrendo, deve-ser buscar o Judiciário.

  12. jane maciel
    jane maciel 31 de outubro de 2009 às 17:11 |

    RENATA , QUERO SABER SE POSSO ME APOSENTAR COM O QUADRO DE BIPOLARIDADE, JA QUE MEU CHEFE DISSE QUE NÃO TENHO CAPACIDADE PRA MAIS NADA, ELES PODEM ME DEMITIR QUANDO VOLTAR AO TRBALHO JA QUE NO MEU SETOR NÃO POSSO MAIS ATUR.
    OBRIGADA
    JANE MACIEL
    MEU CDI É F31.9

  13. Alessandro
    Alessandro 15 de janeiro de 2010 às 9:47 |

    Bom dia. O médico que me atendeu me deu dispensa de 05 dias por motivo de virose, mas como virose não tem CID específico, como farei se a empresa exigir o código?

  14. Luana
    Luana 15 de janeiro de 2010 às 16:13 |

    Estou com cirurgia marcada e ficarei afastada por 15 dias. Se depois do 15ºdia eu continuar afastada, mas por outro problema de saúde, com outro CID, eu entro para o INSS.
    E se depois dos 15 dias, eu trabalhar um dia e no dia seguinte eu apresentar outro atestado com outro CID, eu entro na caixa.

    Obrigada e aguardo contato.

  15. crisiane
    crisiane 18 de janeiro de 2010 às 19:45 |

    gostaria de saber qual e o cid 702-7,obrigado

  16. Célia Regina
    Célia Regina 28 de janeiro de 2010 às 9:13 |

    Bom Dia!

    Trabalho em uma empresa que começou a solicitar junto ao atestado médico a receita médica para veracidade deste atestado, é legal em parametros de lei cobrar isto do colaborador?

Os comentários estão fechados, mas trackbacks e pingbacks estão abertos.